Dois tipos de silêncio

Nesta entrevista para o radialista Howard Stern, o comediante sul-africano Trevor Noah explicou como ele aprendeu a lidar com momentos de silêncio da plateia com os quais ele eventualmente ele tem de lidar. Nisso, ele recebeu uma grande ajuda de outro comediante, Dave Chappelle, que lhe disse: Trevor, as pessoas querem te ver não porque você é engraçado, gente engraçada você acha aos montes por aí. Não, as pessoas querem te ver porque você é interessante. Não é todo mundo que é interessante, não é todo mundo que consegue fazer uma plateia ouvir, não é todo mundo que tem experiências de vida que fazem com que as pessoas queiram saber o que há na sua cabeça.

O Stern logo percebeu que o conselho do Chappelle ao Noah se aplicava não só a comediantes, mas a qualquer pessoa. Se ele se aplica a mim, não sei, porque ainda não tive a oportunidade de testá-lo; mas posso dizer que ele me ajudou a observar de forma diferente momentos de silêncio que percebo na minha vida profissional. Eu dou aulas no ensino superior, ou seja, para alunos em tese mais maduros e mais interessados nas aulas a que assistem do que, digamos, alunos do ensino médio. E eu me deparo com frequentes momentos de silêncio, geralmente causados por tédio, desinteresse, ou puro sono. Mas às vezes, muito às vezes, acontece outro tipo de silêncio, e esse é do tipo descrito pelo Noah na entrevista que eu citei. Não vou dizer que é por meus dons de oratória, e eventualmente a motivação é simplesmente a proximidade de uma prova, mas há momentos em que consigo perceber a “plateia” quieta porque ela está de fato prestando atenção nas minhas palavras, porque ela está conectada ao assunto. É difícil explicar o que faz dele uma outra forma de silêncio, mas dá para perceber que ele é diferente.

Como eu disse, essas ocasiões são raríssimas, e costumam durar um período de tempo muito curto. Mas são bastante recompensadoras para um professor.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s